Slide site cultural de Feijó

CRIATIVA PUBLICIDADE

AW

AW

sexta-feira, 30 de setembro de 2016

Escola Em Feijó: Escola Estadual de Ensino Fundamental Nanzio Magalhães Tem Redação Selecionada na 5ª Olimpiada de Português

Olá,
Vimos informar que um texto produzido na sua escola foi selecionado para participar da etapa regional da 5ª edição da Olimpíada de Língua Portuguesa Escrevendo o Futuro.

Veja abaixo as informações sobre o texto classificado:

TÍTULO DO TEXTO: MÃOS QUE LAVAM SONHOS
CATEGORIA: Memórias literárias
ALUNO(A) AUTOR(A): NEY MAX GOMES DANTAS
PROFESSOR(A): Maura Jane Gomes Pereira
DIRETOR(A): Gianny Carvalho Cordeiro
ESCOLA: ESC NANZIO MAGALHAES
MUNICÍPIO/UF: Feijó/AC
Enviamos os nossos cumprimentos ao(à) aluno(a), professor(a) e diretor(a). 

O texto foi analisado pelas Comissões Julgadoras Escolar, Municipal e Estadual. Depois de passar por todas essas etapas, foi selecionado como um dos 500 semifinalistas da Olimpíada em todo o Brasil. Parabéns pelo trabalho realizado! 

No mês de novembro, alunos e professores semifinalistas participarão de oficinas de escrita. Em breve, entraremos em contato com mais informações. 

Acompanhe as notícias da Olimpíada pela Comunidade Virtual (www.escrevendoofuturo.org.br).

Em caso de dúvida, entre em contato com nossa Central de Atendimento: 0800 771 9310.

Agradecemos pela participação e desejamos boa sorte!

Equipe da Olimpíada de Língua Portuguesa Escrevendo o Futuro

Homem morre após ataque de jacaré

Francisco foi atacado enquanto pescava em um lago na zona rural do município.
Francisco Malveira de Souza, 46 anos de idade, pai de quatro filhos, perdeu a vida depois de sido atacado por um jacaré durante pescaria realizada em um dos lagos do município de Pauini-Am, distante de Boca do Acre a 123 quilômetros em linha reta e da capital do estado a 926 quilômetros.
jacarepurus
Francisco era morador do seringal São Pedro. Segundo informações de testemunhas, a vítima saiu para pescar com amigos da comunidade rural em que morava. Um jacaré atacou Francisco, dilacerando a perna esquerda, além de ter causado ferimentos pelo corpo.
O transporte do homem ferido, ainda com vida, até a sede do município demorou aproximadamente 4 horas. Francisco não resistiu aos ferimentos e 10 minutos depois de ter dado entrada no hospital de Pauini, veio à óbito.
jornalatribuna

Acre tem gasolina mais cara do País

grande-gasolina1_291011
         O Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz) publicou ontem, no Diário Oficial da União (DOU), um ato com alterações na tabela de preço médio de combustíveis. No geral, 18 Estados, dentre eles o Acre, tiveram os valores médios da tabela do mês passado mantidos e outros oito Estados (Alagoas, Amazonas, Maranhão, Mato Grosso do Sul, Paraná, Rio de Janeiro, Sergipe e São Paulo) e o Distrito Federal sofreram alteração que valerá a partir de 1º de outubro.
Na primeira posição do ranking nacional continua o Acre, com preço médio de R$ 4,0976. Para efeito de comparação, na outra ponta da tabela, com os valores mais baixos no preço médio do litro da gasolina, estão São Paulo (R$ 3,4550) e Santa Catarina (R$ 3,5500) – diferenças respectivas de 15% e 12% em relação ao valor médio do Acre.
         O Preço Médio Ponderado ao Consumidor Final (PMPF) serve de base para o recolhimento do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) feito pelas refinarias. O Confaz é formado por técnicos do governo e representantes das secretarias estaduais de Fazenda, o valor determinado leva em conta as características de produção e custo de transporte de cada Estado. Neste valor médio, não é considerada a margem de lucro dos donos dos postos de combustíveis.
         Além da gasolina, a tabela do Confaz também manteve no Pará o preço médio ponderado ao consumidor final (PMPF) do álcool etílico hidratado combustível (AEHC), em R$ 3,5610; do diesel comum, em R$ 3,2740; do diesel S10, em R$ 3,3450; e do metro cúbico de gás liquefeito de petróleo (GLP), em R$ 3,8915. De acordo com a publicação, os novos valores do PMPF nos Estados que tiveram autorização para aumentar os preços médios, começarão a valer do próximo sábado (1), e serão utilizados para cobrança do consumidor final.
jornalatribuna

Mortos e beneficiários do Bolsa Família fizeram doações para candidatos no Acre

bolsafamilia(2)
O cruzamento de informações levantadas pelo Tribunal Superior Eleitoral, e enviadas para a Justiça Eleitoral no Acre, apontam que partidos e candidatos receberam, supostamente, doações ilegais de campanha, feitas por pessoas que não se enquadram nos requisitos na nova lei de doação.

A primeira análise no cruzamento das informações repassadas por candidatos e partidos está sob a responsabilidade da juíza Zenair Ferreira Bueno, da 1ª zona eleitoral, que até a última quinta feira, havia analisado trinta procedimentos.

Nesses, segundo ela, existem indícios de irregularidades que podem se enquadrar dentro de casos onde figuram como doadores pessoas que já faleceram, beneficiários de programas sociais do governo federal e até de pessoas supostamente usadas como “laranjas” por empresas para beneficiar candidatos com repasses financeiros.

Pelo fato dos processos figurarem como segredo de justiça, a magistrada não deu detalhes do levantamento, nem informou um eventual valor doado nos trinta processos que analisou até agora.
” Fizemos solicitação a partidos e candidatos para informassem todos os dados dos doadores, para, numa eventual discordância de perfila em relação ao valor doado, nós oficiamos o doador para vir prestar maiores esclarecimentos. Caso as informações repassadas na primeira solicitação estejam a contento a nosso ver, encaminho o procedimento para o Ministério Público”, explicou a juíza.

A magistrada ainda observou que até agora não detectou nenhum caso específico que aponte se houve ou não doação irregular, porque as análises ainda estão em curso. Esta semana, por exemplo, chegaram a 1ª zona, mais outros casos que requerem análise, informou.

Na prestação de contas final do candidato e do partido, já após o encerramento da eleição, se comprovada irregularidade na captação de recursos financeiros, segundo a juíza, o Ministério Público pode ingressar com ação judicial solicitando o impedimento do mandato eletivo.
jornalatribuna

quinta-feira, 29 de setembro de 2016

Policia Civil de Feijó, Prende Pai Estuprador de Duas Filhas Menores de Idade

Na tarde desta terça-feira, 27, a policia civil prendeu José de Sousa Monteiro, 35 anos, vulgo "Zé Doido". Ele recebeu a condenação pela acusação de ter estuprado duas de suas filhas à menores de idade uma com 13 anos e uma outra com 14 anos.  
De acordo com delegado geral de policia civil de Feijó, Samuel Mendes,  a procura por José Monteiro, "Zé Doido" emergiu pelo fato de ter comparecido na delegacia a sua esposa, a senhora Maria de Sousa Silva, a qual disse que havia sido expulsa  de casa, tendo ainda sofrido ameaça de morte pelo o seu esposo José Monteiro,  tudo isto, segundo a mesma, por causa de ciúmes doentio que José tem de suas filhas e que ele tinha fica em casa sozinho com seus dez filhos, inclusive com as garotas, no seringal vista alegre.  
Diante das informações, policiais civis realizaram uma operação no sentido de localizar e prender José Monteiro, vulgo, "Zé Doido", morador do seringal vista alegre, BR-364, Km-29, e após percorrem mais de três horas de viagem em uma ramal, os policiais civis conseguiram chegar no seringal e na colocação, a qual morava "Zé Doido e sua família. Os policiais civis prenderam "Zé Doido" e resgataram os dez filhos e trouxeram para a cidade de Feijó.

José Monteiro, "Zé Doido", além de responder por violência doméstica, o mesmo foi direto para o presídio de Feijó, pois estava com mandado de prisão em aberto, já que foi condenado à 16 anos de reclusão pela acusação de estupro de suas próprias filhas.      
Quando as dez crianças chegaram na delegacia, percebeu-se que a situação das mesmas era precária e de calamidade pública, sendo que nem se quer calçados elas possuíam, estando todas descalçadas, além terem todas as suas roupas rasgadas. Assim, diante da situação vislumbrada das crianças, o delegado Samuel e sua equipe de policiais civis fizeram uma doação de calçados e roupas a senhora Maria de Sousa e seus filhos. Concluiu o delegado de policia civil de Feijó Samuel Mendes       

‘Não são burros de prender o Lula’, diz Dilma

A ex-presidente Dilma Rousseff disse não acreditar na possibilidade de que Luiz Inácio Lula da Silva, seu antecessor, seja preso. A declaração foi feita em sua primeira entrevista exclusiva a uma TV brasileira após o impeachment. Na opinião dela, prender Lula seria uma “burrice”, pois isso o transformaria em “herói”.
dilma-lula-debilitados
“Não acredito que eles cometam este absurdo, não porque sejam bons, mas acredito que também não são burros. Acho que transformará a prisão de uma pessoa visivelmente injustiçada em um herói. Acho que eles não irão querer. Acho que a estratégia é inviabilizá-lo para 2018. O golpe só se completa com isto”, disse Dilma, em entrevista à TVE da Bahia.
As forças que deram o golpe têm muito interesse que ele seja julgado e condenado. Eles tiram o Lula do jogo e se livram da Lava Jato”, declarou.
Durante a conversa com o jornalista Bob Fernandes, a ex-presidente voltou a dizer que sofreu um golpe perlamentar. Dilma ressaltou que o programa de governo do PMDB retira direitos do trabalhadores e não foi aprovado pelos eleitores que a elegeram.
“As forças que deram o golpe têm muito interesse que ele seja julgado e condenado. Eles tiram o Lula do jogo e se livram da Lava Jato”, disse.
A presidente também falou sobre a prisão do ex-ministro da Fazenda Guido Mantega. “Prender o Guido Mantega é expô-lo a uma condenação que não existe, é a condenação da mídia, e a distorção que essa publicidade dá. Lamento imensamente a prisão dele dentro de um hospital. A senhora dele está lutando contra um câncer desde o final de 2013″, disse. “Por que prender o Mantega e deixar o Eduardo Cunha solto?”, questionou.
jornalatribuna

Empresas vencem licitação para BR-364 com preço considerado inviável por concorrentes

O pregão eletrônico realizado pelo DNIT no dia 21 para as obras de recuperação e manutenção da BR-364 apresentou um resultado surpreendente. Duas empresas de Minas Gerais concorreram e venceram os seis lotes previstos, deixando para trás empresas acreanas com farta experiência nas obras da estrada. A obra, inicialmente prevista para custar R$ 300 milhões pode ter, de acordo com as propostas vencedoras, um deságio de até R$ 85 milhões.
fotos_00_00_00_00_junho_2011_br_364_reportagem_especial_foto_sergio_vale_4-750x440
Essa defasagem de preço é que preocupa empresários acreanos que temem que as empresas vencedoras, sem experiência no custo da realização de obras na região, possam com esses custos inviabilizar a execução dos serviços. E citam exemplos anteriores, como as firmas Construmil e Canter, que assumiram a responsabilidade e acabaram não executando o serviço e ainda deram calote em fornecedores locais.
Br364Cronograma
As empresas vencedoras dos lotes foram Ápia construtora, no lote 1 e o consórcio entre CCL e LCM para os lotes de dois a seis. As empresas apresentam portfólios de obras na Internet e possuem certificado BPQP – H nível A em edificações, saneamento, obras viárias e obras de arte especiais.
A pedido das empresas sediadas no Acre, o DNIT adiou o anúncio dos vencedores do certame e está fazendo até o início da próxima semana, uma auditagem nos documentos apresentados pelas empresas mais bem colocadas no pregão eletrônico.
jornalatribuna

quarta-feira, 28 de setembro de 2016

Adolescente é morto com tiro no rosto dentro de casa em Rio Branco

Adalberto Florindo de Brito, de 17 anos, foi morto ainda nesta quarta (28).
Jovem dormia na sala da casa quando foi alvejado com um disparo no olho.

Caio FulgêncioDo G1 AC

Adalberto Florindo de Brito, de 17 anos, foi morto ainda nesta quarta (28) (Foto: Arquivo da família)Adalberto Florindo de Brito, de 17 anos, foi morto
ainda nesta quarta (28) (Foto: Arquivo da família)
O adolescente Adalberto Florindo de Brito, de 17 anos, foi morto com um tiro no rosto enquanto dormia em casa, na madrugada desta quarta-feira (28), no bairro Belo Jardim, em Rio Branco.
O irmão da vítima, Gleison Florindo, de 23 anos, contou que o jovem foi atingido na região do olho e morreu ainda no local do crime.
Florindo afirmou que, depois de um disparo na porta, entraram na residência onde o adolescente morava. Ele dormia em um colchão na sala.
"Foi uma covardia matar um cara dormindo. Na hora que avistaram, já deram um tiro calibre 12. Pegou no olho dele que saiu na nuca", falou.
Florindo acrescentou que a família não sabe o que pode ter motivado o crime. A família esteve no Instituto Médico Legal (IML), na manhã da quarta, para a liberação do corpo. "Quando entrei no local, eu já saí, não quis saber mais de nada. Até agora, ninguém sabe de nada, porque ele guardava as coisas dele só para ele, não contava para a família", acrescentou.