Slide site cultural de Feijó

Flash Motor's

domingo, 2 de agosto de 2015

Policia Militar Aprende Dinheiro Falso no Bairro Zenaide Paiva

De acordo com informações policiais na noite deste sábado, 01, por volta das 20h:40, a guarnição da policia militar foi acionada via 190, para atender um ocorrência no bairro Zenaide Paiva, bar do Valdomiro, que segundo o senhor José Claudio, ele estava no bar do Valdomiro, quando  o menor N. S. 15 anos, chegou e pediu ao que lhe trocasse uma nota de R$ 100, 00 por notas menores. 
O senhor Claudio, fez a troca do dinheiro para o menor que ele não conhecia, e só depois que o menor saiu do bar é que o mesmo foi perceber que o dinheiro que ele teria trocado para o menor era falso. Os policiais militares saíram em busca do menor, mas o mesmo não foi localizado.      

Policia Militar Prende Mais Duas Escopeta no Bairro Zenaide Paiva

De acordo com informações policiais na noite deste sábado, 01, por volta das 20h:10, a patrulha de policiais militares, dando continuidade nas buscas de apreensões da quadrilhas de menores e dos produtos furtados e roubados pelo os mesmos, o menor L. S. R. (Pipi), 12 anos, informou aos policiais militares que o menor M. A. C, 15 anos, tinha uma escopeta de calibre "36", e  a mesma estava escondida na casa do mesmo. Os policiais militares deslocaram-se até residência do Menor M. A. C, onde a mãe do mesmo disse aos policiais que o menor morava em um quarto anexo a sua residência e que o mesmo, não se encontrava no momento em casa. Os policiais militares fizeram buscas nas proximidades do quarto do menor e os policiais militares encontraram duas escopetas de fabricação caseira em baixo do assoalho do quarto do menor M. A. C, sendo que uma das escopetas estava municiada. Os policiais apreenderam as escopetas e levaram para a delegacia geral de policia civil.       

Policia militar Prende Quadrilha de Menores que Tocavam o Horror, Roubando, Furtando e Arrobando Casas nos Bairros de Feijó

De acordo com informações policiais, neste sábado, 01, por volta das 17h:50, a guarnição da policia militar recebeu uma denuncia de que menores que furtavam e roubam nos bairros de Feijó, estava escondidos em uma casa no bairro Zenaide Paiva, e com eles estava os produtos roubados e furtados e que tudo indicava que os objetos furtados da casa do policial, o SD. Cosmiro e de outros furtos e roubos praticados nos bairros de Feijó, estavam com eles.  
De imediato uma patrulha policial comandada pelo o Ten. Augusto, deslocou-se até o local indicado e chegando lá constataram a veracidade dos fatos e prendeu uma quadrilha composta basicamente de menores, o menor L. S. R. 12 anos (Pipi); M. D. S. 16 anos; M. S. R. (Tatu), 17 anos e L. S. M. 17 anos e Rosenir da Silva Gomes, "Neguim", 19 anos e dez papelotes de cocaína e recuperam R$ 130,00 e os produtos dos furtos e roubos praticados pelo os mesmos. A quadrilha, o dinheiro, a cocaína e os produtos furtados e roubados foram entregues na delegacia geral de policia civil de Feijó, para que seja tomada as medidas cabíveis.      

Policial Militar Tem Casa Furtada no Bairro Nair Araujo

De acordo com informações policiais na tarde deste sábado, 31, por volta das 21h:00, os policiais militares foram acionados pelo o Policial Militar Francisco Barbosa Cosmiro (SD. Cosmiro), dando conta de que sua casa foi violada e furtados objetos e dinheiro. 

Os policiais militares deslocaram-se até o local e chegando lá encontraram, o SD. Cosmiro, juntamente com sua família, bastantes transtornados, SD. Cosmiro informou aos policiais que havia saido de sua casa na rua Francisco Ferreira das Chagas, bairro Nair Araujo, por volta das 17h:00 e ao retornarem para a mesma por volta das 21h:00 da noite deste sábado encontraram a porta da cozinha da mesma aberta, com sinais de arrombamento, os mesmo entrou na casa e percebeu que havia roupas e objetos espalhados por toda a casa  e que os ladrões tinham entrado nos quartos da casa e haviam revirados os guarda-roupas e armários. 

Foi quando o SD. Cosmro percebeu que os ladrões tinham levados de sua casa uma TV Sem Slim 40", um receptor vision. botija de gás, uma mesa com quatro cadeiras, um tablet, dois celular, um facão, duas lanternas, sapato tipo bota, dois coturnos e um mil e cem reais em dinheiro, dentre outros objetos.   

Os policiais militares fizeram buscas na área, porém nada foi encontrado, mas as buscas continuaram no bairro e pelos os bairros vizinhos. 

sábado, 1 de agosto de 2015

Secretaria de Cidadania e Inclusão Social Realiza Curso para os Candidatos a Conselheiros

A secretaria de cidadania e inclusão social Ermecilda Tavares e a diretora da secretaria Lucia Pinheiro, estiveram presente no evento e falaram da importância do curso e do processo democrático que está dando oportunidades iguais a todos os candidatos a conselheiros, nas eleições do dia 04 de outubro de 2015 
De acordo com Jota Conceição, o ministrante do curso sobre o estatuto da criança e adolescente, para os candidatos a conselheiros o objetivo deste curso é exatamente os candidatos a entenderem, interpretarem e facilitar o bom entendimento dos candidatos sobre estatuto da criança e adolescentes  para o concurso dos conselheiros que será realizado domingo, 02, onde será escolhidos cinco conselheiros para exercerem o cargo de conselheiros do quadriênio, 2016 a 219. 
E, os candidatos que obtiverem a nota cinco serão classificados e estarão aptos observando sempre o calendário eleitoral,  a realizarem suas campanhas e concorrem as eleições no dia quatro de outubro de 2015. 

Sinteac diz que governo não poderá corta pontos e que Codepe não tem autorização para negociar greve

O Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Acre (Sinteac) falou sobre os últimos acontecimentos em torno da greve de professores e servidores da educação, que entrou no 45º dia. 
De acordo com a presidente do Sinteac, Rosana Nascimento, que concedeu entrevista coletiva, o ponto dos grevistas não será cortado, pois a atitude é ilegal, já que a ameaça de corte de pontos é uma tentativa de intimidação aos trabalhadores da educação. As alegações da sindicalista tem embasamento por meio de consultas jurídicas, realizadas pelo corpo de advogados da instituição.
“Essa história de querer corta o ponto dos trabalhadores não tem amparo legal, é uma ameaça de quem quer intimidar a categoria e assim desmobilizar o movimento grevista. O Supremo Tribunal Federal já se manifestou quanto à garantia do pagamento dos salários. Exemplo disso é o caso da greve da educação no Estado de São Paulo. Nossa assessoria jurídica está trabalhando e continuará a tomando as medidas judiciais necessárias para assegurar o direito de greve, pagamento dos salários de todos, e responsabilizará os gestores que praticar assédio moral contra a categoria”, enfatizou Nascimento.
Quanto à falta de negociação do governo com a categoria, o advogado do Sinteac, Junior Medeiros disse que o governo confunde negociação com conversa ressaltando que até o momento o Executivo não apresentou nenhuma proposta à categoria.
“O governo está equivocado quando diz que negociou com a categoria, ele não negociou como os grevistas, ele está confundindo negociação com conversa. O que o Executivo apresentou até o momento foi uma data para possível negociação, isso é uma conversa, um dialogo, mas não apresentou nenhuma proposta concreta, não fez uma contraproposta às reivindicações da categoria e muito menos apresentou algo que pudesse ser levado para a apreciação dos professores e isso não é e nem nunca foi negociação”, disse o advogado. 
Quanto a coletiva realizada na última quinta-feira (30), na sede da Secretaria de Estado de Educação e Esporte (SEE), em que representantes do Conselho de Diretores de Escolas Públicas do Acre (Codep) afirmaram que gostariam de participar das negociações com o governo, Rosana Nascimento afirmou que apenas o Sinteac tem amparo legal para representar a categoria, sendo que o Codep é um conselho eleito para cuidar de assuntos referentes a problemas estruturais e administrativos das escolas e não do sindicato e muito menos da categoria.
O Sinteac chegou e emitir uma nota de repudio por conta da atitude tomada pelos membros do Codep. Na nota o sindicato afirma que o “Codepe não tem autorização constitucional para negociar a greve” e só quem pode negociarem nome da categoria é o Sinteac.
 “A Secretaria de Educação podem conversar com quem bem entender, mas, somente podem negociar com o representante constitucional da categoria, o Sinteac”. 
O sinteac está programando uma série de atividade para os próximos dias, entre elas ações sociais voltadas para a área da educação e da saúde. Os manifestantes afirmaram também que estarão na próxima terça-feira (4) na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac) quando retornam os trabalhos legislativos, a intenção do comando de greve é voltar a se reunir com os deputados que compõem a Comissão de Educação para cobrar uma resposta e resultados da última reunião, que aconteceu antes do recesso parlamentar.
http://www.ac24horas.com/2015/08/01/sinteac-diz-que-governo-nao-podera-corta-pontos-e-que-codepe-nao-tem-autorizacao-para-negociar-greve/

'Espero que ela seja presa', diz homem esfaqueado pela namorada

Danilo Costa disse que o casal estava junto há dois meses.
Mulher continua foragida; polícia faz buscas.

Adelcimar CarvalhoDo G1 AC
Danilo Costa diz que pediu que a mulher fosse embora e ela ficou com raiva  (Foto: Adelcimar Carvalho/G1)Danilo Costa diz que pediu que a mulher fosse embora e ela ficou com raiva (Foto: Adelcimar Carvalho/G1)
Ainda internado no Hospital Regional do Juruá, em Cruzeiro do Sul, interior do Acre, Danilo Costa, de 38 anos, esfaqueado pela namorada esta semana, conta que o casal estava junto há dois meses e tinham decidido morar juntos há 20 dias. Porém, com a convivência, ele diz que se arrependeu da decisão pelo fato da menina ser muito nova. O homem só sabe o primeiro nome da suspeita, que ainda está foragida.
“Falei para a moça ir embora, que nossa convivência não daria mais certo. Ela só tem 18 anos e a conheço cerca de dois meses. Espero justiça, porque não posso fazer com as minhas próprias mãos", diz.
Costa relembra o dia do crime e diz que ele foi até a cozinha e quando voltou para a sala foi esfaqueado pela namorada. Sem ter muitas informações sobre a mulher, ele acredita que ela tenha voltado para a casa da família, na zona rural da cidade. "Agora acabou tudo, não quero mais saber dela, vou trabalhar e tocar minha vida para frente. Estou bem, só espero que ela seja presa e pague pelo crime que cometeu”, destaca.
A suspeita ainda está foragida e sendo procurada pela Polícia Militar, que fez vistorias nas imediações do bairro da Várzea e Telégrafo.
Entenda o caso
Após uma discussão com a namorada, Danilo Braga da Costa, de 38 anos, foi esfaqueado no peito enquanto estava deitado em casa, no bairro do Telégrafo, no município de Cruzeiro do Sul, interior do Acre. De acordo com a mãe da vítima, Raimunda Braga, de 73 anos, a tentativa de homicídio foi motivada após uma briga em que seu filho teria pedido para a namorada ir embora, além de tê-la chamado de "feia". Costa está no Pronto-Socorro de Cruzeiro do Sul teve o pulmão perfurado.

Após levar tapa no rosto, mulher esfaqueia marido no interior do AC

Marido não quis registrar denúncia contra a mulher. 
Briga teria sido motivada após briga de casal, diz polícia.

Adelcimar CarvalhoDo G1 AC
Mulher foi presa após esfaquear o marido  (Foto: Adelcimar Carvalho/G1)Mulher foi presa após esfaquear o marido (Foto: Adelcimar Carvalho/G1)
A dona de casa Alclimone Bezerra da Silva, de 24 anos, foi presa suspeita de atingir o marido Welinton Silva, de 29 anos, com um golpe de faca. A atitude foi tomada, segundo ela, após  ter sido agredida com um tapa no rosto. De acordo com o boletim de ocorrência, o casal bebia no bairro Remanso na madrugada desta sexta-feira (31), em Cruzeiro do Sul, quando durante uma discussão o marido bateu em Alclimone. Consta ainda que ela mesmo que ligou para o Centro Integrado de Operações de Segurança Público (Ciosp) para acionar a polícia.
Policiais militares foram ao local e encontraram a suspeita ainda com a arma na mão. Ela recebeu voz de prisão e foi conduzida para a Delegacia Geral da cidade. O marido foi atendido pelo Samu e encaminhado para o Pronto-Socorro da cidade, onde permanece internado e em observação.
Ao G1, a dona de casa disse que não tinha nada a declarar. O delegado Vinícius Almeida informou que o homem não quis representar queixa contra a esposa e assinou um termo de desistência. Após a assinatura, Alclimone foi liberada. 
Segundo o delegado Vinícius Almeida, a perfuração foi superficial. “Apuramos que a lesão é de natureza leve. A vítima que ainda se encontra no hospital não quis representar contra a esposa. Diante a lesão ser de natureza leve, não é possível fazer nenhum procedimento a não ser liberar a agente”, explica.
Em menos de 72 horas, este é o segundo caso de desentendimento entre casal que termina com o marido atingido por arma branca