Slide site cultural de Feijó

sábado, 19 de abril de 2014

Sábado de Aleluia é Point do Park, SOM AO VIVO com a Dupla de Cantores Cruzeirense que Conquistou Feijó

Dia do Índio: Áreas indígenas do Acre vão ganhar R$ 1,5 mi para projetos de gestão

Em comemoração ao dia do índio, 19 de abril, o governo do Estado lançou edital que vai liberar R$ 1,5 milhão para projetos de gestão de áreas indígenas. Além desse valor, também serão beneficiados os agentes agro florestais indígenas
Em coletiva de imprensa, o secretário de Floresta, Edvaldo Magalhães e a chefe da Casa Civil, Márcia Regina divulgaram detalhes do edital Sisa (Sistema de Incentivos a Serviços Ambientais), que através do Fundo Estadual de Florestas, visa apoiar iniciativas de política territorial e ambiental.
O recurso é específico para as comunidades indígenas. Em 2014 será liberado 1,5 milhão de reais, em projetos que fortaleçam o plano de gestão territorial. O mesmo valor será destinado em 2015. “As próprias comunidades vão estar escrevendo seus projetos de acordo com suas necessidades e especificidades. Cada povo, cada terra ou organização aqui do Acre pode participar”, disse o assessor de assuntos indígenas do Estado, Zezinho Kashinawá.
O secretário de Floresta destacou que o Acre conseguiu aumentar a produção e diminuir o desmatamento e os recursos captados são fruto disso. “Essas entidades vão apresentar uma proposta seja na área da produção sustentável, às vezes querem fortalecer suas manifestações culturais e precisam de instrumentos e equipamentos, e preenchendo uma simples tabela, apresentando uma proposta no edital, a comissão analisa rapidamente”, explicou o secretário.
Os recursos são provenientes de um banco público alemão que investe na preservação. Durante dois anos os agentes agro florestais indígenas também serão recompensados. O projeto para o fortalecimento do uso sustentável das florestas vai liberar R$ 3,5 milhões para os agentes, rendendo em média o pagamento mensal de até R$ 1 mil.

http://agazeta.net/cotidiano/4210-governo-do-acre-vai-liberar-r-1-5-mi-para-projetos-em-areas-indigenas

BBom volta a funcionar, mas não paga investidores como antes

O Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1) autorizou a BBom , empresa do ramo de rastreamento de veículos, acusada de operar como pirâmide financeira, a operar parcial suas atividades. A empresa ficou congelada cerca quatro meses.
Mas a liberação da empresa não satisfaz o anseio de seus investidores. A BBom, não poderá funcionar da mesma maneira como no passado. Segundo determinação do desembargador Reynaldo Fonseca, responsável pelo caso, apenas duas das sete formas de remuneração aos associados, foram liberadas para execução. Os chamados “revendedores” da empresa só vão receber pelo “bônus de vendas diretas” e o “bônus de início rápido”.
O “bônus de comodato”, que dava mais lucro aos revendedores seguirá bloqueado. Nessa etapa, os investidores não precisavam vendar nada, contudo, seguiam ganhando dinheiro, apenas como gratificação pelo que já havia conquistado à empresa.
Frente às decisões a BBom poderá, unicamente, fazer venda direta ao consumidor e pagar bonificações a revendedores pelas indicações de consumidores finais, informou o Ministério Público Federal em Goiás (MPF-GO), responsável pelas acusações.
“Portanto, não será permitida a prática de pirâmide financeira nos moldes como a empresa praticava anteriormente”, diz o órgão, em nota.
Além disso, a liberação é temporária, e terá validade apenas até que o TRF1 decida sobre um segundo pedido de desbloqueio feito pela BBom, que está nas mãos do desembargador Carlos Moreira Alves.
Para o desembargador federal Reynaldo Fonseca, o bloqueio total das atividades da BBom é indevido pois “algumas das formas de comercialização do produto utilizadas pela impetrante [ a BBom ] não apresentam, de plano, características do denominado esquema de “pirâmide financeira’.” As informações são do IG.
http://www.ac24horas.com/2014/04/19/bbom-volta-a-funcionar-mas-nao-paga-investidores-como-antes/

Colisão entre Carro e Moto, deixa motoqueiro ferido

De acordo com o boletim de ocorrências de nº 421/04-14 da policia militar, por volta das 19h15 da noite desta sexta-feira, 18, populares ligaram para o 190 dando conta de um acidente de trânsito na esquina do fórum, envolvendo uma moto e um carro.
Os policiais militares deslocaram-se até o local e confirmaram as informaçõs, onde as testemunhas disseram que a condutora do veículo Isabele Pinheiro de Oliveira, 19 anos, transitava no Meriva Maxx placa NAC 3652, na travessa Floriano Peixoto, sentido El-Shaday/Beira-Rio e ao cruzar a Av. Plácido de Castro, não obedeceu a placa de sinalização PARE, foi quando o condutor Adeilson Ribeiro dos Santos, 33 anos, que trafegava em sua moto Honda/CG 125 FAN, placa NAC 3519, na mesma Avenida, sendo no sentido posto de gasolina RI/Prefeitura colidiu na porta traseira direita do referido carro vindo a cair logo em seguida. 
Neste momento a condutora do carro perdeu o controle da direção e subiu na calçada, chegando a quebrar o vidro da porta da loja GAZIN. Também havia um passageiro na garupa da moto, mas após o acidente o mesmo saiu do local, porém foi identificado pelo o Adeilson, como Cacaia. Não foi feito teste de bafômetro nos condutores dos veículos, uma vez que a policia, não dispõe de tal aparelho.               

Sábado de Aleluia é Point do Park, SOM AO VIVO com a Dupla de Cantores Cruzeirense que Conquistou Feijó

Dobram indenizações por acidentes

No feriado da Semana Santa dos últimos cinco anos, o Brasil registrou uma média de mil acidentes com veículos com vítima por dia. Os dados são da Seguradora Líder, responsável pelo Seguro Obrigatório de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Vias Terrestres (Dpvat), e consideram apenas os pedidos de indenização por morte, invalidez permanente e reembolso de despesas médicas e hospitalares.
De acordo com a seguradora, foram 4.742 pagamentos para acidentes ocorridos durante o feriado de 2013, número 94,4% maior do que o registrado em 2009. O diretor de Relações Institucionais da seguradora, Marcio Norton, explica que o aumento da frota de motocicletas no país responde por parte desse aumento.
“Nas coberturas em geral e na invalidez permanente, no caso da moto é muito característico. A pessoa cai da motocicleta e não tem um airbag, um para-lama, um para-choque para proteger. Ela própria vai no chão e as lesões mais comuns são dos ossos longos das pernas e braços. A invalidez, ainda que não seja total ou tenha uma perda anatômica de algum órgão, o motociclista tem a perda de movimento e de mobilidade, tem alguma sequela e aí tem a indenização de invalidez”.
Os acidentes envolvendo motocicletas são maioria e tiveram aumento maior do que a média geral: 122,5% em cinco anos, passando de 1.589 indenizações em 2009 para 3.535 em 2013. Só de invalidez permanente causada por acidentes com moto, o número passou de 994 para 2.591, um aumento de 160,7%.
As indenizações por morte aumentaram 23,6%, sendo 80% delas para vítimas do sexo masculino. Na Semana Santa do ano passado, foram 189 acidentes com morte na Região Nordeste, o que representa 34,4% do total, seguido do Sudeste, com 175 indenizações, 31,9%. O número ainda pode aumentar, já que a vítima ou beneficiário tem três anos para pedir a indenização.
Norton lembra que o trânsito no Brasil mata mais do que guerra e do que muitas doenças, número que aumenta em feriados prolongados como o do carnaval e da Semana Santa. “Morrem, em média, 125 pessoas por dia durante o ano, mas nesses períodos sobe para 150, 160, e consequentemente também o número de invalidez e outros danos, que cresce também. Se você pensar bem, em dois dias morrem no trânsito o equivalente ao número de mortes da Boate Kiss ou da queda de um avião, só que os acidentes são mais dispersos, não causam uma comoção mais generalizada, uma dor coletiva”.
O seguro Dpvat foi criado em 1974 e é pago a todas as vítimas de acidentes de trânsito no Brasil, seja ela motorista, passageiro ou pedestre, e sem apuração de culpa. São três coberturas: morte (R$ 13,5 mil), invalidez permanente (até R$ 13,5 mil) e reembolso de despesas médicas e hospitalares (até R$ 2,7 mil). Os documentos necessários para fazer o pedido e os pontos de atendimento podem ser consultados no site www.dpvatsegurodotransito.com.br .
http://agazeta.net/noticias/noticias/4204-dobram-indenizacoes-por-acidentes

Caminhão desgovernado atropela e mata fiéis em procissão, em Manaus

Uma procissão católica da Paróquia Rainha Dos Apóstolos, que ocorria por volta das 17h desta sexta-feira Santa (18), na rua Francisco Orellana, no Dom Pedro, zona Centro-oeste de Manaus, terminou em tragédia após fiéis serem atropelados por um caminhão que perdeu o controle da direção. Ao menos três pessoas morreram e oito ficaram feridas, de acordo com informações fornecidas pelo Centro Integrado de Operações de Segurança (Ciops).

Entre os mortos estão Cleida Bastos Antela e Tânia Magalhães Gomes. Um terceiro óbito ocorreu no SPA do Alvorada, o mais próximo ao local do acidente.
A procissão, da qual participavam cerca de 300 pessoas, estava descendo a ladeira da Fundação Centro de Controle de Oncologia do Estado do Amazonas (FCecon), no Dom Pedro, quando o motorista do caminhão que levava a aparelhagem de som, contratado pela paróquia, não conseguiu acionar o freio e saiu atropelando a multidão que estava na frente, conforme informação de um familiar de duas vítimas, que seguem em estado grave.
Os primeiros socorros às vítimas do acidente foram feitos pela equipe de médicos e enfermeiros da FCecon, antes da chegada do Samu.
Feridos graves
Cerca de oito pessoas que ficaram feridas foram levadas por 14 ambulâncias às unidades de emergência da cidade. Duas vítimas com ferimentos mais graves, como traumatismo craniano encefálico, foram encaminhadas para o Pronto Socorro 28 de Agosto, no Adrianópolis, zona Centro-sul. As demais vítimas foram atendidoas pelo Pronto Socorro João Lúcio, zona Leste, e unidades do Serviço de Pronto Atendimento (SPA) Platão Araújo (1), Alvorada (3), São Raimundo (2); Redenção (1). A diretora do PS João Lúcio, Hildeia Galvão, mandou todo o centro cirúrgico priorizar o atendimento aos acidentados.
Os feridos levados ao SPA do Alvorada foram Jennifer Garcia Pereira, 10 anos; Lucas Mateus dos Santos de Jesus, 16 anos; e Jocelin Justino Cavalcante, 49 anos. Jennifer, que fraturou a perna direita, foi transferida para o Pronto Socorro da Criança da zona Oeste.
Motorista detido

O motorista do caminhão, Orelino Siqueira, 49 anos, foi detido pela polícia logo após o acidente para prestar esclarecimentos na delegacia. Ele havia sido contratado pela paróquia para acompanhar a procissão no ano passado.
http://www.ac24horas.com/2014/04/18/caminhao-desgovernado-atropela-e-mata-fieis-em-procissao-em-manaus/

sexta-feira, 18 de abril de 2014

Duas pessoas morrem e três ficam feridas em acidente na 4ª ponte

Um acidente envolvendo uma caminhonete Hilux e um Fiat Uno, na tarde desta sexta-feira (18), na 4ª ponte, deixou duas pessoas mortas e três feridas.
Segundo informações do condutor da Hillux, o Fiat Uno atravessou a pista rodando sem que houvesse tempo para desviar e evitar o acidente.
De acordo com o condutor do Fiat Uno, identificado como Emerson, ele teria perdido o controle do veículo na descida da ladeira da 4ª ponte. Cinco pessoas estariam no veículo.
O motorista afirma que a pista molhada pela chuva ficou escorregadia, fazendo o carro rodar e provocar a colisão com a caminhonete.
Apesar da gravidade da colisão, o motorista do Fiat Uno sofreu apenas escoriações leves. A jovem identificada como Erika, de 12 anos morreu no local.
A esposa de Emerson, que não teve o nome divulgado quebrou a bacia, uma criança de 9 anos foi conduzida ao Pronto Socorro, em estado grave e morreu na unidade de saúde.
Mais informações dentro de instantes.

http://www.ac24horas.com/2014/04/18/uma-pessoa-morre-e-tres-ficam-feridas-em-acidente-na-4a-ponte/