Site Cultural de Feijó

Site Cultural de Feijó

Governo debate estratégias e inovações à prevenção e combate ao crime no Estado

Graças aos esforços do governo foram liberados recentemente R$ 44 milhões para o Fundo Penitenciário – Foto: Gleilson Miranda
Uma das primeiras agendas do governador Tião Viana em 2017 foi com o Sistema Integrado de Segurança Pública (Sisp), na Casa Civil, nesta segunda-feira, 2. Foi anunciado que a equipe iniciará novas ações de prevenção e combate à criminalidade em todo o Estado.
As agendas que ocorrem constantemente nos gabinetes civil e militar propõem mudanças fortes e inovadoras na Segurança Pública visando obter resultados ainda mais satisfatórios.
Tião Viana reforçou que as medidas visam combater toda forma de criminalidade, a fim de promover a segurança nas unidades prisionais, dos policiais e, sobretudo, da população.
“É um trabalho fortíssimo das forças policiais em prol da segurança pública. É a maior guerra do Acre travada contra a criminalidade, o narcotráfico”, acrescentou o governador.
Participaram da reunião representantes da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp), da Polícia Militar do Acre (PMAC), da Polícia Civil, do Instituto de Administração Penitenciária (Iapen), do Instituto Socioeducativo (ISE), do Corpo de Bombeiros Militar do Acre (CBMAC) e do Departamento Estadual de Trânsito (Detran).
O gestor da Sesp, Emylson Farias, destacou que a Segurança Pública possui R$ 70 milhões assegurados para fazer o enfrentamento em 2017.
Desse montante, R$ 44 milhões foram liberados recentemente oriundos do Fundo Penitenciário, graças aos esforços do governo junto ao Supremo Tribunal Federal (STF) e ao Ministério da Justiça. Outros R$ 18 milhões são recursos próprios do governo do Estado e terão como destino o reaparelhamento das polícias.
“Nós já chegamos ao primeiro dia do ano discutindo segurança pública, algo que é prioridade neste governo. Com esse recurso, vamos fazer um trabalho com todos os equipamentos necessários para o enfrentamento ao crime. Estamos discutindo o operacional, colocando viaturas em lugares estratégicos, definindo os pontos de ataque e avaliando os equipamentos que vão chegar”, contou o gestor.
O diretor-presidente do Iapen, Martin Hessel, comentou sobre os R$ 44 milhões destinados ao Fundo Penitenciário, uma luta intensa do governador Tião Viana.
“Foi uma transferência feita em dezembro. Em 2017 nós vamos investir na promoção de obras, na ampliação de vagas e também na aquisição de equipamentos desde viaturas a imobiliário. Esse recurso é para a gente reaparelhar o sistema prisional”, contou Hessel.

Planejamento estratégico das Forças Policiais

O comandante da PMAC, coronel Júlio César, contou que a partir desta terça-feira, 3, vão ser retomadas as operações de visibilidade, com reforço de policiamento nas ruas para aumentar a segurança dos cidadãos.
“Vamos trabalhar forte para reprimir os pontos de vendas de drogas e reforçar a entrada de veículos de segurança nas áreas de fronteira. Estamos estudando a possibilidade de aumento de efetivo para chamar mais policiais da reserva e solicitando concurso para policiais”, destacou o comandante.
O comandante do CBMAC, coronel Roney Cunha, acrescentou que a corporação irá avançar nas ações sociais que já desenvolve e em outras ações junto ao Sistema Integrado.
“Vamos avançar no combate ao crime e fortalecer os projetos sociais, como o bombeiro mirim e o colégio militar. Nossos projetos vão em busca de resultados para a sociedade”, disse.
Agência Notícias do Acre

Deixe um comentário

Nenhum comentário:

Imagens de tema por compassandcamera. Tecnologia do Blogger.